Buscar
  • Duonísios

Fantasmas...


Nesse lugar de vazios e fantasmas encontro memórias que não são minhas. O corpo pertence a este lugar.

A criança nos vê e corre até a foto da inauguração do cassino em 1927 pendurada na parede. Parece perceber que somos como aquelas pessoas. Acho que ela está certa.

No bonde e Cassino do Monte Serrat só encontro vazio e fantasmas. O local parece deslocado no tempo e no espaço, como se ele vivesse dos anseios de outra época. Tudo parece estar no mesmo lugar.

Avisto a cidade do alto e escuto seus sons e a correria da cidade, ao mesmo tempo distante e tão perto. Qual linha separa esses mundos?


4 visualizações

© 2015 Jeanice Ferreira

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now